Carta do Cardeal Ottaviani sobre o Breve Exame Crítico da Nova Ordenação da Missa

Blog
Typography

Nesta carta o Cardeal Ottaviani demonstra ter ficado muito satisfeito com a versão final do Novo Missal e acrescenta que não há mais razão para "se escandalizar".

Carta do Cardeal Ottaviani a Dom Lafond (17 de fevereiro de 1970)

 

Reverendíssimo Padre,

 

Recebi perfeitamente vossa carta de 28 de janeiro e a Nota Doutrinal, datada de 29 de janeiro. Eu vos felicito por vosso trabalho, que é notável por sua objetividade e a dignidade de sua expressão. Não foi sempre assim, infelizmente, o caso nessa polêmica na qual se viu simples cristãos, sinceramente feridos pelas novidades, misturados aos que se servem da tribulação das almas para aumentar a confusão dos espíritos.

De minha parte, lamento apenas que se tenha abusado de meu nome em um sentido que eu não desejava, pela publicação de uma carta que eu havia endereçado ao Santo Padre sem autorizar ninguém a publicá-la.

Eu me alegrei profundamente com a leitura dos Discursos do Santo Padre sobre as questões do Novus Ordo Missae, e sobretudo por suas precisões doutrinais contidas nos Discursos às Audiências Públicas, de 19 e de 26 de novembro: após o que, creio, ninguém pode mais sinceramente se escandalizar. Para o resto, será preciso fazer uma obra prudente e inteligente de catequese, afim de remover algumas perplexidades legítimas que o texto possa suscitar. Nesse sentido, eu desejo à vossa Nota Doutrinal e à atividade da Militia Mariae uma ampla difusão e sucesso.

Queira aceitar, Reverendíssimo Padre, a expressão de minhas distintas homenagens, acompanhadas de uma bênção a todos vossos Colaboradores e aos membros da Militia.

Tradutora da Carta: Profa. Milena Popovis.